Bolsonaro agradece Espanha por prisão de militar com cocaína

0
0

Bolsonaro agradeceu a Sánchez pelo “modo como as autoridades espanholas estão lidando com o caso dos entorpecentes apreendidos em avião da FAB”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que agradeceu o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, pelo modo como o país europeu está tratando o caso do sargento da Aeronáutica preso na última terça-feira (25), em Sevilha, com 39 quilos de cocaína em sua bagagem pessoal.

Em mensagem publicada no Twitter, nesta sexta-feira (28), Bolsonaro disse que reafirmou ao líder da Espanha sua “defesa por punição severa para o tráfico” de drogas.

Fontes do governo espanhol confirmaram à agência EFE que Sanchez e Bolsonaro se cumprimentaram antes da cúpula do G20, em Osaka, cidade do Japão, e conversaram rapidamente enquanto esperavam para tirar a foto oficial.

O militar Manoel Silva Rodrigues, 38 anos, estava em um voo da Força Aérea Brasileira (FAB) que deveria fazer escala na Espanha, quando foi detido pelas autoridades com os entorpecentes.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS