Militar preso com cocaína já viajou com Dilma e Temer

0
0

Apesar do elevado número de viagens, nem sempre o deslocamento do militar se deu para acompanhar a agenda do chefe do Executivo.

O 2.º Sargento da Aeronáutica, Manoel Silva Rodrigues, fez ao menos 29 viagens no Brasil e no exterior desde o ano de 2011, várias delas com o staff presidencial.

No dia 27 de fevereiro deste ano, o militar estava entre os militares que seguiram o presidente da República, Jair Bolsonaro, em viagem de Brasília São Paulo para a realização de exames médicos.

Silva Rodrigues também cumpriu outros 14 roteiros entre 2016 e 2018, período em que o presidente era Michel Temer.

Em janeiro do ano passado, por exemplo, o militar estava no grupo que acompanhou Temer na Suíça para o Fórum Econômico Mundial.

Houve também ao menos quatro missões quando o país era governado pela petista Dilma Rousseff.

Em 6 de maio de 2016, segundo o jornal Folha, o militar estava no séquito da ex-presidente em viagem a Juazeiro do Norte (BA) e Cabrobró (PE) para visitar as obras de transposição do São Francisco.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS