‘Vai pagar um preço alto’, diz Bolsonaro sobre militar com cocaína

0
2

“Se fosse na Indonésia, pegaria pena de morte”, afirmou o presidente Bolsonaro sobre o militar transportando drogas em avião da FAB.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou de transmissão ao vivo na rede social Facebook, na noite desta quinta-feira (17), durante viagem ao Japão.

Bolsonaro afirmou que o 2.º sargento da Força Aérea Brasileira (FAB), Manoel Silva Rodrigues, “pagará um preço alto” por ter sido flagrado transportando 39 quilos de cocaína em um avião da comitiva presidencial.

“Lamento por esse elemento, que, pelo que parece, está envolvido nisso há algum tempo, porque ninguém vai levar 39 quilos numa primeira viagem”, afirmou o presidente.

Em seguida, Bolsonaro afirmou que o militar já havia participado de comitivas de governos anteriores.

“Na primeira viagem nossa ele deu azar, ‘créu’. É melhor ‘Jair’ se acostumando, porque conosco é assim”, afirmou o presidente, que disse também ser “brincadeira” tentar associá-lo ao caso, segundo o site UOL.

Bolsonaro disse ainda que o sargento está sendo investigado e que o Brasil está colaborando com o governo da Espanha, onde ele foi detido.

“Esse elemento, se for preso no Brasil, vai pegar 30 anos de cadeia”, disse. “Se fosse na Indonésia, pegaria pena de morte”, afirmou depois.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS